Parece que esta não é mais uma superficial edição especial que enaltece o passado. A Ford informa que um dos motivos do novo Mustang Boss 302 existir é superar os tempos de volta do bem acertado BMW M3 no autódromo norte-americiano Mazda Raceway Laguna Seca.
Alegam ter conseguido, mas será que com seus amortecedores não eletronicamente ajustáveis e novos controles de tração e estabilidade obtiveram o mesmo desempenho em curvas que o alemão?

Não posso negar que o Boss tem uma imagem forte entre os fãs do Mustang, versão originalmente concebida para competir com o Camaro Z28 da SCCA Trans Am de 1969.
Sua nova versão 2012 tem um entusiasmatico ( e nada norte-americano) cambio manual de seis marchas e seu motor V8 retoma a tradicional cilindrada de 302 polegadas cúbicas (5,0 litros). Este motor foi lançado no inicio de 2010 para a versão GT e possui algumas modificações especiais que elevaram a potência para 440 cavalos. Sua concepção é moderna: Bloco de alumínio, duplo comando e 32 válvulas com variação do seu tempo de abertura.

Este Boss 302 parece ser mais tecnicamente refinado, mais leve e menos brutal que o atual Shelby GT-500, sem falar que não tem peças de um “preparador externo”, sendo um projeto genuíno Ford.

Também foi divulgado o pacote Laguna Seca (foto abaixo), transformando o Boss em uma versão mais Track Day.