O carro da foto pode causar repúdio aos tradicionais, mas provoca êxtase nos jovens. Um conflito de idéias parecido com o que aconteceu em meados do século passado entre a sociedade da época e o movimento Hot Road.

Mas o que era underground se torna popular, destaca-se na mídia e chama a atenção dos curiosos adolescentes que estão sempre à procura de novas experiências.

Atento e vivenciando isso, o americano e piloto da Fórmula D Vaughn Gittin Jr. alia uma das novas descobertas em esportes radicais na cultura automobilística do oriente, o Drift, com os “pequenos” mitos americanos de tração traseiras e motores com bestiais polegadas cúbicas concentradas em 8 cilindros inclinados, os Pony Cars.
 

 
Sua mais nova criação foi apresentada no SEMA Show, evento que é uma grande vitrine das novidades do mundo paralelo que é a indústria da personalização. Com apoio da produtora de jogos eletrônicos EA, o Mustang RTR-X foi projetado para ser além de um Street Racing Car com pitada de estilo japonês que representa a marca do “Chip Foose radical” Vaughn, a RTR: ser o modelo real do mesmo veículo que será disponível virtualmente no mais novo lançamento da série de jogos de vídeo game que simulam corridas de carro Need For Speed.
 

 
O RTR-X foi consagrado antes de sua apresentação final pelo público jovem através da escolha da disposição de cores da pintura do novo Mustang da RTR por votação no blog Speedhunters. Um carro que é ao mesmo tempo nostálgico (com referências de clássicos esportivos japoneses e americanos dos anos 60 e 70) e moderno (com soluções técnicas atuais).
 

 
Apesar da aparência de um Mustang modelo 1969, sua carroceria foi fabricada em 2010! Graças à empresa Dynacorn que reproduz peças de lataria de automóveis clássicos americanos. Também se encontra em destaque neste projeto o moderno motor V8 da Ford Racing (que foi projeto e é disponível no Ford Mustang 302 Boss) com suas cornetas de admissão amostra pelo capô, a deliciosa visão da suspensão tipo cantilever rocker através do vidro traseiro e as agressivas molduras que acomodam as rodas com tala extremamente larga.
 

 
O Mustang RTR-X é intencionalmente provocante, uma recriação moderna de culturas automobilísticas preexistentes. Disponibiliza itens que fazem parte da evolução de movimentos jovens do passado e do presente (como o Wangan style e German Look) que chocam visualmente como meio de auto-afirmação de estilo e fuga de padrões pré-determinados pela sociedade comum.
 

 

 

IMAGENS:  Speedhunters